Sábado, 22 de Abril de 2006

Síndroma EPI

Há alguns dias deparei-me com um comentário “fervoroso” deixando-me perplexa, dado que o visitante estava muito exaltado, pensei para mim que o meu amigo e companheiro deste Blog andava a redigir em alguma língua que não a minha. Quando para meu espanto estava tudo correcto e sem equívoco algum. Pensei depois, muito cuidadosamente se o problema do “nosso amigo” eram as palavras escritas pela pessoa que o antecedeu, visto que estava apinhado de x e k e mais não sei quê que impossibilita a leitura de qualquer mortal.

 

Acho vergonhoso, essa maneira de escrever dado que priva a total leitura de um texto ou mesmo comentário provocando danos nas pessoas que não possuem o Síndroma EPI. Chamo a este modo de escrever Síndroma EPI (Escrever Politicamente Incorrecto) visto que, a “doença” pegou de tal maneira que nem as lesmas conseguem desenredar-se de tantos x, k e mais “ah e tais”.

                                                                                   

Algo que me preocupa é nas escolas, visto que a faixa etária mais abrangida pelo Síndroma EPI ronda dos 10 aos 20 anos de idade. Imagino o susto que a maioria dos professores adquirem ao se encarar com os testes/exames e alguns trabalhos feitos pelos seus alunos, garatujados por esta mania.

 

Sem dúvida algo muito vergonhoso para o País, mas sobretudo para as vítimas que mais tarde não saberão ler ou “descodificar” grandes obras ou até mesmo alguma pequena anotação que os mais antiquados lhes facultem.

 

Um outro dia fui, alvo de um comentário no meu antigo Blog em que, qualquer dia seria imprescindível o uso de um dicionário para poder compreender na íntegra as minhas “recatadas poesias”. Ao relembrar esta pequena lamúria e, associá-la com este recente comentário deduzi que é impossível agradar a Gregos e Troianos.

 

Se o meu Português é correcto e encontram contrariedades em decifrá-lo, interrogo-me o que dirão sobre este estilo em excrvr axim”. É que para poderem usufruir da minha escrita há resolução: Dicionário. E agora para essa moda em “k ax pexoax perxixtem em excrv dextah formah abxurdah”?

 

Declaro que estou inquieta com isto, e peço a alguém que não tenha peva para fazer, que desbarate o seu valiosíssimo tempo a traduzir esta nova escrita que parece que veio para criar raízes e dar flores e/ou até frutos.

 

 

MB
Sinto-me: resmungona
Criticalhado por MB às 12:48
Link da Crítica | Critica | Escarrapacha aos favoritos
|
20 comentários:
De RM a 22 de Abril de 2006 às 15:33
Bem aqui temos um tema, que deveria preocupar muitas pessoas mesmo!
Principalmente os pais, que em vez de andarem preocupados com o que os filhos andam a fazer downloads, deviam tomar em atenção como eles escrevem na internet!
Hoje em dia ir a um chat, completamente normal significa sair de lá sem ter feito nada, pelo menos para mim, porque não há uma pessoa que use uma única frase de modo a que seja perceptível às pessoas, aliás há 5 anos atrás quando decidi ser um utilizador da internet, não sabia o que era aquelas formas reduzidas e baralhavam-me por completo, mas como tudo na vida as coisas foram evoluindo e as novas palavras, tal como escreveste apareceram.
O pior disto é que há pessoas que escrevem totalmente dessa forma, deparei-me, já com blogs, que tinham POST todos escritos assim, acabei por deistir da ideia de o ler!
Não me perguntes porquê, isso não sei, mas as pessoas optam por escrever assim, tudo bem, respeito-as, como quero que respeitem o que digo/faço. No entanto, quem o faz, deve tomar em atenção vários aspectos: para quem se estão a dirigir? as pessoas que supostamente, iram ler aquilo,perceberão? entre tantos outros factos.
Enquanto isto se vir na internet, até acho admissível, o pior são pessoas de 20 ou mais anos, andarem na escola, como aconteceu com a minha turma, no tempo em que estudava que utilizavam K (na maior parte) em vez de escrever um QUE.

O meu conselho: Saibam o que devem utilizar, em diversos espaços. Têm que saber se moldar!

SINTO-ME: Cansado (Bolas, da semana de trabalho e de escrever isto tudo, e não acabava aqui, mas para quê bater mais no ceguinho?)
De MB a 23 de Abril de 2006 às 18:44
RM a ti só tenho uma coisa a dizer: "Vai tomar banho". Bolas que o gajo reclama com tudo, tenho lá culpa que teres a mania de escrever pelos cotovelos. :P
De Alvaro Faustino a 22 de Abril de 2006 às 21:04
Também já escrevi sobre isto no meu blog. E igualmente me deparei com blogs, onde os artigos estravam todos escritos dessa maneira, foi uma total desinformação. Deixo-te com esta: cheguei a comentar com um míudo o porque de se escrever assim e perguntei se entendia aquilo que escrevia, ao que ele respondeu que sim. E acabou com esta, se não entendes a escrita, vai aprender a escrever. Fiquei sem reacção, para ele, aquela "escrita chinesa" era o correcto. Como diria o jornalista... E esta hem.
De RM a 23 de Abril de 2006 às 17:15
Aalvafaust eu ri imenso com o teu comentário!
Teve imensa piada, porque o rapaz disse que se não entendias a escrita, devias ir aprender a ler!
Essa foi sem dúvidas das piadas mais giras que ouvi!
As pessoas convencem-se de tal modo que o que fazem está correcto que até discutem com os outros, sem terem razões para tal!
Abordei no meu comentário o facto de os pais terem andado muito sobressaltados com esta coisa dos downloads e muitos retiraram a internet aos filhos, mas um caso como estes, garanto que não ligaram a tal assunto, não repararam que a internet trouxe consigo uma nova geração, uma nova moda, uma nova "cultura" assim por dizer! E começa pela escrita, e isso faz a diferença quer queiram, quer não!
De -=Euzinha=- a 22 de Abril de 2006 às 21:36
Olá!obrigada por comentares no meu blog e sabes isso de sindroma EPI não é bem assim eu pelo menos uso essa maneira de escrever quando estou com pressa....mas já que tu não gostas dessa "nova maneira de escrever" eu estou a escrever correctamente ñ?(posso ter 1 ou 2 erros ortograficos mas...)
Bem o teu blog está muito bonito porque tem um estilo simples e isso agrada-me.
Bem é tudo beijinhos
-=Euzinha=-
De RM a 23 de Abril de 2006 às 17:29
-=Euzinha=- olá e desde já um muito obrigado por cá teres vindo e teres deixado um comentário!
Como deves ter reparado este post, que comentaste nem foi escrito por mim, dado que, é escrito por mim e por uma amiga minha.
No entanto, achei que poderia abordar-te no teu blog, por duas razões, gosto mesmo da Letra da música e a outra era mesmo esta do post da minha amiga, não uma crítica direccionada para ti, porque existem muitos como tu. Eu próprio confesso que já escrevi desse modo, até ao momento que quis que a minha escrita evoluisse e reparei que demoro o mesmo tempo a escreve com X e K (e outros mais) e a escrever normalmente, com todas as letras!
Além de ter podido tirar o benifício de ganhar um pouco mais em relação à minha escrita!

No entanto, o nosso blog não visa mudar as pessoas, visa fazer críticas (e atenção que uma crítica não é necessariamente negativa) a diferentes coisas, até a Igreja eu já crítiquei e voltava a fazer se fosse hoje. Mas sem dúvida que achei interesante teres passado por, cá e teres lido o post e teres comentado. Disseste que escrevias direito e escreves sem dúvida, quanto aos erros ortográficos, se examinares bem este meu comentário encontrarás alguns, não sou um deus!!!
Agora, enquanto escrevias muitas vezes te deu a vontade de meter algo, que no português correcto não está certo, ou até meteste e tiveste que apagar, o que é normal!

Agora, referi ainda num comentário meu que é preciso saber diferenciar onde estamos, quando estamos a conversar com uma pessoa até podemos usar abreviaturas e essas coisinhas, mas num teste é imperdoável e se alguma vez o fizeste, num teste foste chamada à atenção (com um simples sublinhar na frase) se não foste, lamento que tenhamos professores que alimentes uma língua "alternativa". Agora se sabes diferenciar os espaços e o que usar em cada um deles, dou-te os parabéns! ;) Não são todos que o conseguem!
Espero que não existam ressentimentos! ;)
De MB a 23 de Abril de 2006 às 18:41
Não me parece que esse modo de escrever seja um recurso para escrever de forma mais rápida. Não percebo o porquê de mudar o "O" para o "U" quando tem apenas uma tecla entre os dois. Outra coisa é acrescentar letras, colocam h e x onde não existe, penso que para quem quer escrever de forma mais rápida isso só faz perder tempo. Vi o post que criaste no teu blog sobre o meu texto, eu simplesmente critico, não estou a advertir para seguirem a minha opinião. Quanto a essa linguagem da net que falas acho ridículo pois não vejo os chineses ou seja quem for a mudar a sua forma de escrever simplesmente porque navegam na net. Há já algum tempo que ando por aqui e não fiquei contagiada por essa moda e percebo muito bem o que escrevem. Repito que apenas crítico e este blog foi criado mesmo para isso. Há um ditado que diz: "Quem não quer ser lobo não lhe vista a pele". Fica bem e se quiseres passar por cá és sempre bem vinda, tal como outras pessoas que sintam que a carapuça lhes serviu.
De Alvaro Faustino a 25 de Abril de 2006 às 00:01
Quanto a ser mais rápida esta nova escrita, até admito que sim. Agora o tempo que se perde a tentar traduzir os caracteres, porque nem palavras são, é preciso ter tempo.
De RM a 25 de Abril de 2006 às 13:20
Aalvafaust será que este novo método de escita é assim tão rápido. Isso depende, olha eu já ando neste meio há mais de 5 anos! Já escrevi desse modo, como já admiti! No entanto, hoje que escrevo, digamos que de um modo convencional, escrevo de igual modo com alguma rapidez! Ainda vamos fazer testes a ver quem escreve mais rápido, se alguém que escreve normalmente ou com a "nova escrita".
Olha eu já tomei, precauções LOL o PC do meu sobrinho avariou e então deixo-o usar o meu, ele gosta de usar o MSN para conversar com os colegas, mas já o adverti que a linguagem a usar é o PORTUGUÊS, a grande Língua de Camões!
Bom feriado
De RM a 23 de Abril de 2006 às 23:05
Oh my god, a minha amiga MB até mandou-me tomar anho, mas foi a brincar!!! OH OH, não a conhecesse eu! LOL (Não se preocupem porque amanhã ela já sabem como é que eles lhe mordem HIHI)
De joka a 24 de Abril de 2006 às 09:48
Pois encara isso como o volte-face da moeda hehehe!! Da mesma maneira que são obrigados a ir ao dicionário traduzir as tuas palavras, pois agora é a tua vez de tb. lá ires para perceber o novo portugues escrito que agora existe com os tais xx e sem mais lá o que. Um bom feriado.
De RM a 24 de Abril de 2006 às 10:24
Bem este POST da minha amiga foi a melhor ideia de sempre, bem isto é que é, sim senhor miga mesteste esta gente a comentar é bom ver as diferentes opiniões!!! :)
Quanto ao teu comentário Joka , fiquei boquiaberto, a outra face da moeda, vai ao dicionário uma palavra quem quer, ninguém é obrigado!
Agora pergunto-te e as pessoas que nem andam regularmente na internet, (sim porque esta linguagem apenas pode ser utilizada na internet, não tou a ver ninguém a escrever um livro dessa forma! ) ao depararem-se com formas estranhas de escrever que podem fazer? CONSULTAM UM DICIONÁRIO? Como e onde? Ele não existe!!! E não existe porquê? Porque esta não é o "novo português" como tu referiste!
Mais cedo ou mais tarde, perceberás que este post até teve a sua razão de ser! No Mundo Real, é cá fora que tudo funciona de um modo diferente! Seja no trabalho, que constantemente serás deparado com uma carta a redigir, o teu próprio Curriculum Vitae terá que estar o mais correcto possível, porque será o primeiro impacto que a entidade empregadora, terá de ti!
Bem vou-me deixar disto ou ainda me chamam de "Kota" =P
Bom Feriado para todos!
De Alvaro Faustino a 24 de Abril de 2006 às 23:56
Depois de ler o teu comentário, passei quase uma hora e meia a procurar num dicionário alguma palavra desse estilo. E não vi nada de semelhante, tens que me dizer que dicionário usas.
De Ana S a 24 de Abril de 2006 às 14:56
Ainda esta semana tive um comentário desses. Entre uma palavra e outra deu para entender o que estava lá mas já vi blogs cujos textos eram escritos nessa nova lingua que por acaso é muito irritante. Ainda bem que não sou a única a resmungar nos blogs! lol.
De RM a 24 de Abril de 2006 às 16:28
Ana S não te preocupes que não és a única "resmungona", mas há umas pessoas mais do que outras (longe de estar a falar da minha "parceira" de blog HIHI) Sempre que quiseres vir cá RESMUNGAR podes vir, até pode ser que de uma "resmunguice" surja um novo POST.
Bom Feriado a ti e a todos os que por aqui passem!!
De Maeve a 24 de Abril de 2006 às 17:43
Olá
Pois é... estão a matar o Português.
Mas o impressionante é a quantidade de blogs, com este tipo de escrita (EPI).
Eu nem me dou ao trabalho de lêr porque é preciso mesmo um dicionário. Mas o mais grave e como mencionaste, é este tipo de escrita estar a ser usado nas escolas, isso sim é preocupante. A continuar assim daqui a uns aninhos nós é que estamos a escrever com o sindroma EPI. Nós é que damos os erros e ninguém nos vai perceber. EhEh
Fica bem.
De RM a 24 de Abril de 2006 às 20:37
grandes atitudes julgo que enquanto existam bons professores, capazes de apelar os seus alunos ao bom senso e a "punir" se escreverem desse modo, e quando falo em punição é no sentido de se for num teste tirar uns pontos, e em relação à avaliação contínua descer uns pontos, e explicar que a razão é exactamente essa, as pessoas vão começar a entrar na "normalidade" (atenção que sou a favor da diferença, mas daquela que é engrandecedora para as pessoas e de facto escrever de um modo que "nem ao diabo lembra", não contribui em nada para que a pessoa seja mais pessoa).
Depois em Portugal, temos péssimos hábitos de leitura. Temos que começar a induzir às nossas crianças de hoje, que a leitura é boa e nos faz bem, para que os nossos Homens de amanhã sejam um pouco melhores!
De Carlos a 25 de Abril de 2006 às 20:50
Fragmentos…..

Aqui deixo uns fragmentos, aguardando colaboração para os complementar e completar.

Considero que a tua opinião, a tua vivência é importante, por isso o desafio.

Aceita-o …..

As relações amorosas têm muitas versões
De ciloca a 25 de Abril de 2006 às 21:24
Bom , com tanto comentário ao assunto nada me resta a dizer a não ser que concordo com os receios de quem acha que qualquer dia não se sabe escrever Português. Mas por outro lado, todos sabem que o Português hoje escrito não é igual ao escrito e falado há duzentos anos atrás, por isso são inevitáveis algumas transformações á lingua.Mas nunca com a exclusão das vogais, não é?
Parabens pela qualidade do blog e da forma como tão bem escrevem.
De RM a 25 de Abril de 2006 às 23:37
Ciloca obrigado pelo comentário!
Quanto ao Português que sofreu alteração, claro, o português de hoje nada tem a haver com o Português Arcaico. Mas isto porque houve necessidade de mudar, porque surgiram novas palavas, novos conceitos. Faz uma coisa, experimenta ler em voz alta a frase: “k ax pexoax perxixtem em excrv dextah formah abxurdah”, parece que andamos com aparelhos nos dentes que nos fazem falar de um modo diferente e além do mais parece um pouco "acriançado".
Falando de outras coisas, obrigado pelo comentário final! Em que nos elogiaste e precisamos de mais comentários "críticos" tal como fizeste!
Parabéns e uma vez mais, muito, muito obrigado!

Criticalhar post

Contacta-nos


Image Hosted by ImageShack.us
criticalhando@sapo.pt

Horas

Críticas no Prazo de Validade

Certo ou Errado?

"Eles" andam aí....

Direito à Liberdade...

E esta Heim???

Até já...

Um dia para esquecer...

Inteligência medida aos p...

Afinal Como "O" Pronuncia...

Crescidos mas nem tanto.....

E vocês... Lêem?

Críticas Fora de Prazo

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Visitas