Domingo, 30 de Abril de 2006

O Sr. Anónimo

Quantos de nós, já não foi abordado por este Senhor que ninguém sabe de onde veio nem para onde vai, nem quantas faces tem. Seja nesta nossa lida de Blogueiros, como nos nossos telemóveis (talvez até noutra coisa que agora não me recordo) somos constantemente alvo desse indivíduo que conhece toda a nação mas, a nação não o conhece.

 

 O mais engraçado ou frustrante, apelidem à vossa vontade, é que ele não quer ser de forma alguma reconhecido mas, persiste em nos perfilhar para todo o lado. Se redigimos um teor e “escarrapacha-mo-lo” (salvo seja) no Blog ou, noutro sítio qualquer, que seja possível comentar, lá vem ele com a sua lábia toda e deixa-nos um comentário que, por vezes, até nos provoca um leve sorriso outras porém, trás na bagagem a insolência que nos fomenta uma irritação nos lábios que permanecem tão desabados que, não há cócegas ou anedotas que os levante e, faça delinear qualquer movimento.

 

 Noutras circunstâncias ele arma-se em engraçadinho e, liga-nos seja a que horas do dia for, para fazer-nos atender o telemóvel e, simplesmente permanece em silêncio ou coloca um som de fundo (que generoso). Das duas uma ou é abonado e gosta de gastar o seu numerário dessa forma absurda ou, não tem muito com que se ocupar e decide incomodar quem tenha.

 

 Na minha pudica opinião, o Sr. Anónimo é um cobarde pois se não o fosse daria a cara, o nome, ou a voz por onde passa, deixando de ser tão extemporâneo como o é.

 

 Fico indignada quando algo do género sucede e de facto, só as criaturas cobardes, que não têm fundamentos é que se delimitam a camuflar. Se acham que a sua opinião “não conta” ou que vai azedar alguém então não o façam mas, não se ocultem por trás dum silêncio ou de uma palavra “Anónimo” que irrita a qualquer indivíduo que seja alvo da sua crítica ou louvor e, que depois não pode de modo algum argumentar ou agradecer pelo que foi “obrigado” a ler e/ou até ouvir.

 

 Nota: Deixo um recurso a quem comentar que faça o favor de se identificar, não fazendo como uns e outros que nos criticam e não têm a decência de nos deixar a sua morada.

MB

 

Sinto-me: Anónima
Criticalhado por MB às 12:33
Link da Crítica | Critica | Escarrapacha aos favoritos
|
27 comentários:
De Ana S a 30 de Abril de 2006 às 17:36
Escrevi um artigo sobre estes anónimos há uns dias atrás no meu blog. A única coisa que se pode dizer é que são mesmo cobardes porque acham-se no direito de dizer o que pensam mas não querem ouvir. A solução é apagar o comentário porque acabam por desistir.
De MB a 3 de Maio de 2006 às 12:13
Ana S eu nem me importo, já fui alvo de comentários muito maus ao ponto de dizerem que, o que eu escrevia não era da minha autoria, eu não fiz mais nada, apaguei até a "besta" em questão desistir. Há coisas que não vale a pena e dar oportunidade a gente assim é tempo perdido. Beijo :D
De joka a 1 de Maio de 2006 às 02:12
Podemos sempre ignora-los não achas? Na minha opinião, os anonimos só existem porque lhes damos alguma importancia. É como uma criança. Sabe muitas vezes que está fazendo algo errado, mas se alguem ri, ou aplaude pk achou graça, a criança de certa forma sente-se importante e mesmo sabendo que está errado, volta a fazer o mesmo. Numa palavra:- Ignorem-nos. Um abraço.
De MB a 3 de Maio de 2006 às 12:15
Joka são sem dúvida ignorados, mas desta vez decidi publicar algo sobre eles a ver o que surgia da vossa parte. Beijo :D
De RM a 3 de Maio de 2006 às 14:13
Bem, isto de ignorar o por completo os anónimos só concordo até certo ponto!
Há anónimos e anónimos! Na minha opinião comentem como quiseres, claro que gostamos de ver o que as outras pessoas também fazem, e se não têm um blog, podem pelo menos deixar um nome!
De Alvaro Faustino a 1 de Maio de 2006 às 02:27
Cara MB, o anonimato é um direito do cidadão e nem sempre poderá ser visto como cobardia, muitas vezes é um acto nobre e corajoso. Vejamos em certos "ambientes", se não houvesse esse direito, a folha do jornal dedicado à necrologia seria maior, com certeza. O anónimo usa esse direito porque, acima de tudo é um direito, de ter amor à vida (ou ao corpo). Em relação aos comentários, se forem construtivos, podem permanecer. Caso contrário, não havendo oportunidade de discussão de ideias, ou de defesa, o conceito de web fica prejudicado por esses senhores (as), porque estas páginas por onde navegamos, servem, ou deveriam servir, para enriquecer o conhecimento humano, não a critica ou ataque destrutivos sem direito a outro pilar da moral: o direito à DEFESA.
De MB a 3 de Maio de 2006 às 12:20
Aalvafaust o anónimato se existe é para ser usado. Não crítico o facto de ser usado para algo com carácter importante, mas sim quando é usado para atingir-nos com o intuito de nos prejudicar. Beijo :D
De RM a 3 de Maio de 2006 às 14:17
Aalvafaust quanto à necrologia, às vezes poderá não ser maior, esse espaço dedicado, para esse efeito, porque tem custos, que muitas pessoas não conseguem suportar!
Quanto ao anónimato, claro que se forem de caracter construtivo e para o enriquecimento do Blog, permanecerá! Por mim, nenhum deles me atinge, pelo menos directamente, enquanto assim for, estamos bem! :)
De Selma a 1 de Maio de 2006 às 18:50
Sei muito bem o que sentes. Não existe graça nenhuma em publicar comentários sem nos identificarmos. Afinal o que tem o Sr. Anónimo a esconder? Ganha mas é coragem... Beijitos para ti e sempre que o Sr. Anónimo voltar, apaga-o com um simples clique ;)
De MB a 3 de Maio de 2006 às 12:21
Selma ele está no seu direito, mas de facto é como tu dizes, se não tivesse nada a esconder deixaria rasto. Volta sempre. Beijo :D
De soslayo a 1 de Maio de 2006 às 18:53
MB:

Eu, Soslayo Anónimo Agnóstico Irritado, vem por este meio comunicar a V. Excia. que ando também um pouco alterado com alguns imbecis que me querem fazer de parvo! Mas, como não me fazem, eu desligo, ou por outra, ligo à terra e assim a descarga não afecta ninguém.
Assim dou conteúdo ao pedido de V. Excia para me identificar. tenho dito.

Com os meus cumprimentos
soslayo
De MB a 3 de Maio de 2006 às 12:23
Soslayo és demais, de facto o melhor é desligar-se de tal imprudência. Beijo :D
De RM a 3 de Maio de 2006 às 14:18
soslayo após deliberação dos membros deste Blog, consideramos-te devidamente identificado! Parabéns! LOL
De micas a 1 de Maio de 2006 às 20:28
e isso ai!!! o sr. antonio e um cobarde!!! onde ja se viu comentar sem deixar os seus dados!!! sinceramente se fazemos as coisas ha que adimitir que o fizemos!!
De MB a 3 de Maio de 2006 às 12:25
Oh micas não sabia que o senhor tem por nome de António, mas ao menos já ficamos a saber o nome e o sexo do ser Anónimo. Beijo :D
De micas a 14 de Maio de 2006 às 19:17
oh MB na me chateies muito que eu começo a assinar como anonima!!! enganei.me poxas tb na posso falhar??!! tu comes letras!! lol ;Pp hehe beijoes****
De Rita a 1 de Maio de 2006 às 22:29
Compreendo a vossa irritação, mas acho que o anonimato por estes lados é um tanto ou quanto aceitável. Eu posso não ter nome nenhum ou posso ter vários nomes e escrever vários comentários diferentes.
Claro que se torna mais complicado dirigir uma defesa ou uma crítica a quem não apresenta "nome". Mas se o problema são os comentários indelicados a solução passa mesmo por ignorar os mal educados e mal intencionados, eliminando o que escrevem.
De MB a 3 de Maio de 2006 às 12:27
Rita tens toda a razão (sinto que começo a bater muito no ceguinho) mas se a pessoa em questão não se identifica, neste caso não deixa o seu endereço é que tem algo a esconder.
De RM a 3 de Maio de 2006 às 14:27
Rita o anonimato é aceitável em qualquer lado! Existem são pessoas que gostam de ficar no grupo dos anónimos, não sabemos quantos são mas são alguns lol Verdade seja dita, que há outros que mantém um único nome, porque seja na internet ou não as pessoas só têm um nome, uma personalidade (pelo menos deviam), entre tantos outros aspectos, e estes encaixam-se no grupo das pessoas "normais". Depois existe o grupo dos "esquizofrénicos", aqueles que são tudo e mais alguma coisa! Isto sou eu na minha crítica pessoal!
O facto de nos identificarmos ou não, tem a haver com a ética pessoal de cada um, do do senso, que dizendo por passagem, hoje é cada vez menos! :)
De ImSo a 2 de Maio de 2006 às 12:20
Concordo com o k se disse dos anónimos e acrescento algumas coisas...mas só em pensamento!
É k apesar de ter um nick n sei se poderei ser considerado não-anónimo...
De qualquer maneira faço os meus comentários nos blogs k acho interessantes e tento n ser inconveniente. Espero poder continuar a fazê-lo neste k é dos meus preferidos!!
De MB a 3 de Maio de 2006 às 12:30
ImSo um nick ou um endereço já é alguma coisa. Esta vida na internet é anónima, ninguém é obrigado a se identificar, mas se uns o fazem porquê que outros não? Seja qual for o motivo eu não ligo e simplesmente apago desde que me ofendam, pois aqui criticamos e não ofendemos.
De RM a 3 de Maio de 2006 às 14:36
ImSo tu és um exemplo evidente de um não-anónimo! Porque além de não termos acesso a um Blog teu, às tantas nem o tens! Temos acesso a um nome, pelo qual te podemos tratar, porque quase de certeza não aparece dois ImSo'S aqui a comentar, enquanto que anónimos podem ser milhares!
De RM a 3 de Maio de 2006 às 14:37
AHHHH! Já me esquecia, obrigado pelo comentário relativo ao Blog, eu sou assim, fico todo derretido com estas coisas! HIHI mas na verdade é muito bom ter alguém que goste do nosso trabalho!
De salsapicada a 3 de Maio de 2006 às 20:01
O Homem invisivel voltou?
De catia a 5 de Maio de 2006 às 21:50
por vezes é tao irritante quando as pessoas não tem coragem de admitir algo k fazem e utilizam o anonimato...
se o anonimato existe é pa ser usado e com moderaçao e ñ sempre que apetece.
para alem de comentarios anonimos tambem ha aquelas pessoas que persistem em telefonar em anonimo e depois fazer brincadeiras, que se pode dizer??
ha pessoas que ñ tem mais para fazer.

Criticalhar post

Contacta-nos


Image Hosted by ImageShack.us
criticalhando@sapo.pt

Horas

Críticas no Prazo de Validade

Certo ou Errado?

"Eles" andam aí....

Direito à Liberdade...

E esta Heim???

Até já...

Um dia para esquecer...

Inteligência medida aos p...

Afinal Como "O" Pronuncia...

Crescidos mas nem tanto.....

E vocês... Lêem?

Críticas Fora de Prazo

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Visitas