Quinta-feira, 7 de Setembro de 2006

Um dia para esquecer...

Foi um dia para esquecer o que se passou ontem, um pouco por cada canto da Ilha da Madeira. Deflagraram inúmeros fogos que colocaram as corporações de Bombeiros no combate, que mesmo assim foram poucos para evitar males maiores.

Em toda a minha vida, nunca vi nada que se possa comparar com o que vivi ontem, nada pode descrever o que vi e o que senti ao ver a minha terra completamente “queimada”. Já vi imensos fogos no Continente, na televisão, vi imagens de pessoas desesperadas ao perder as suas coisas (aliás não tolero imagens que mostram o sofrimentos de pessoas nestas situações), mas estar a umas centenas de metros do fogo, faz-nos viver os momentos de outra forma. É realmente horrível, ouvir os gritos de desespero e aflição das pessoas, que as suas casas começam a ser atacadas pelas chamas.

 

Sinceramente, sou da opinião que o fogo teve mão criminosa, como a maior parte dos fogos. Tudo por interesses! Para poderem comprar o que foi destruído e começar a construir algo em betão. Então, fazem-se aproveitar destas épocas em que temos temperaturas extremas como, 34ºC, para o poder de destruição conseguir ser pior.

 

Foi uma noite mal dormida, sempre com o pressentimento se as chamas pudessem ou não voltar. Felizmente, pelo menos aqui perto da minha casa, as chamas conseguiram ser controladas, no entanto outras tantas zonas continuavam a ser lavradas pelo incêndio.

 

De louvar, uma vez mais, é o desempenho prestado pelos soldados da paz que reuniram todos os esforços e “conseguiram” estar em cima dos acontecimentos de modo a não permitir uma maior propagação dos fogos, mesmo com faltas de meios como um helicóptero, no auxílio ao combate. Mesmo assim, um homem não conseguiu sobreviver após ter salvo a sua mulher.

 

Um pedido a todos: ao verem movimentos estranhos perto de matas, não deixem de informar as autoridades, eles saberão como proceder. Tome cuidado com as queimadas, cigarros e não parta objectos de vidro e as atire para as matas. Preserve o que é nosso.

 

 

 

 

 

 

 

 

Sinto-me: Triste
Criticalhado por RM às 00:01
Link da Crítica | Critica | Escarrapacha aos favoritos
|
23 comentários:
De MissDevil a 7 de Setembro de 2006 às 11:24
é uma situaçao k so mm passando é k da para perceber o k sentimos.
infelizmente ainda existem pessoas k n respeitam a natureza e acabam mm por ficar a vida de pessoas e td o k possuem em risco por causa de interesses de terceiros, é triste mas é verdade.
De RM a 11 de Setembro de 2006 às 09:20
Pois é MissDevil as pessoas não respeitam a natureza e depois acontece destas coisas e só nestas alturas se lembram que fizeram isto ou aquilo, deitam papeis, objectos de vidro, entre outros por aqui e ali e dá no que dá!!!
De Adrianne a 7 de Setembro de 2006 às 19:32
Fiquei chocada com a foto da 1ª página do Jornal da Madeira de hoje ( 07/09/2006): uma casa, onde as unicas coisas que sobreviveram à furia do fogo foram as 4 paredes e a ...chaminé. Á volta, um cenário de desolação total...negro, queimado. Fiquei a pensar na tristeza daquela gente que em questao de minutos ou breves horas ficou sem nada. Não sei se é mão criminosa, mas se realmente assim foi, repito uma frase que costumo dizer muitas vezes: " quanto mais conheço o Homem, mais gosto dos animais".
Especial atenção á tua expressão: "(...) não tolero imagens que mostram o sofrimento de pessoas nestas situações(...) " Também me custa ver imagens de sofrimento, as "imagens reais", mas sou da opiniao que uma coisa é usar e abusar do sofrimento dos outros e outra é mostrar as coisas tal como elas são. Penso que se o objectivo dessas imagens é demonstrar o quanto a tragédia magoou as pessoas, imagens sérias, se serve de testemunho ...devem ser mostradas. O que não concordo é por exemplo, mostrarem imagens das vitimas no local do acidente, como o célebre caso da Morte da Princesa Diana. (esse caso foi mais especulação do que outra coisa e demonstrou uma enorme falta de respeito) .Mas voltando ao assunto do teu post, gostei da parte dos "soldados da paz". Realmente merecem louvores, porque arriscam a sua vida em diversas situações. Ainda bem que não chegou nada "á tua parte"! Lamento todas as pessoas que perderam as suas casas ou que perderam alguém ( no caso da pessoa que morreu) e espero que este Verão passe sem mais casos destes.
De RM a 11 de Setembro de 2006 às 10:21
Adrianne ai pois é!!! Isso são apenas palavras, imaginemos agora a dor e sofrimento das pessoas que passaram por isso na pele, nem falo de mim mas sim daquelas que perderam casa, carros, familiares...
Quando digo que não tolero (talvez a palavra seja forte, mas pronto) é no sentido que essas imagens, infelizmente vendem-se, tal como o Caso da Princesa Diana, quanto mais se mexia no assunto e mais se mostrava, mais se vendia, e isto é normal porque é isso que as pessoas querem ver é isso que mostram!!! E realmente os soldados da paz merecem os louvores, por se arriscarem tanto!
Ainda ontem (10/09/2006) um membro de uma das corporações que está a combater de novo as chamas, feriu-se quando estava a tentar apagar um fogo!
De RM a 11 de Setembro de 2006 às 10:22
Adrianne esqueci-me a perguntar, mas tens blog?? Gostamos de visitar sempre novos cantinhos!! Todos têm um cantinho especial, mas gosto de visitar blogs de madeirenses, acho que é algo que ainda existe pouco por cá!!!
De Andesman a 7 de Setembro de 2006 às 22:17
Tambem nunca tinha visto por aqui nada igual. Esta manhã para os lados do Cabo Girão havia uma enorme nuvem de fumo e todo o céu da madeira estava escurecido pela fumaça. Segundo a Protecção Civil as coisas parecem que felizmente estão quase controladas, graças à própria Protecção Civil, Bombeiros, e populares que não tem tido descanso. Tudo de bom
De RM a 11 de Setembro de 2006 às 10:26
Andesman pois é no dia 7 as coisas estavam mais ou menos controladas, mas ontem já haviam de novo vários fogos por muitos concelhos da Madeira! Casas de novo ardidas, pessoas que novamente sofrem, mais uma parte da Ilha destruída!!! Com esta destruição todo o encanto está a desaparecer! Olhamos para as zonas completamente devastadas, mete dó!!!
De Rita a 8 de Setembro de 2006 às 15:17
Só não concordo contigo numa coisa: o dia não é para esquecer. É para lembrar e aprender. Seja lá quem for que tenha de aprender. Talvez sejamos todos.
No ano passado, fui de comboio ara Aveiro porque as estradas estavam cortadas por causa dos fogos. Eu e as minhas amigas, vimo-nos, de repente, paradas no meio da linha, com fogo de um lado e do outro. Horrível! Posso compreender em parte o que sentiste.
Por outro lado, também foi muito angustiante todo o fumo que se fez sentir, igualmente no ano passado, aqui, no centro de Lisboa, por causa dos incêndios que lavraram em Mafra. Apesar de não ser perto, a dimensão do incêndio foi tal, que as cinzas vieram espalhar-se também por estes lados.
Uma verdadeira tragédia, isto que se passa no nosso pequeno país.
De RM a 11 de Setembro de 2006 às 10:44
Infelizmente é verdade Rita é o que se vai passando um pouco por todo o nosso Portugal!! Já estavamos acostumados a ver a devastação em Portugal Continental, agora bate-nos à porta e ficamos assim...
Espero que sirva de lição a quem não respeita a natureza!!!
De SaraDaisy a 8 de Setembro de 2006 às 17:58
É horrivel isto k andou acontecer no noxo pais, sejam os fogos postos ou nao.Devia-s começar a fazer prevençao todo o ano.Bjux
De RM a 11 de Setembro de 2006 às 10:45
Ou pelo menos prevenção a partir da primavera, limpando as matas. Há por aí tanto espaço abandonado, que o governo podia e devia tomar medidas para lmpá-los
De ines a 9 de Setembro de 2006 às 15:51
Andava por aqui a passear e encontrei este blog, deparei-me com a notícia de que nao tinha conhecimento, fiquei chocada, aqui no continente esses actos de pessoas inconscientes já são costume nesta altura do ano, mas ai nao estava á espera. Estive na Madeira este Verão, fui aí passar férias, adorei é um sítio lindo, nao percebo como é que há pessoas capazes de fazer essas coisas, em vez de aproveitarem a linda natureza destroiem-na. enfim...
De RM a 11 de Setembro de 2006 às 10:47
Inês tens toda a razão!!! A ilha é maravilhosa e destroem!!!
Estiveste por cá, gostaste? Andaste por onde? Sou curioso! HIHI
De ciloca a 9 de Setembro de 2006 às 15:52
Lamento muito, o que tem vindo a acontecer no nosso País.Sinto-me impotente, pois para além da prevenção (cuidados que tenho), não sei o que está nas nossas mãos. Quase escrevi "Felismente, que não foste atingida ou que nada de mal te aconteceu", mas retrocedo e digo que é impossivel que não tenhas sido atingida,(somos todos)e bom é que não foi o que te aconteceu. Posto isto, mais uma vez lamento.bjs
De RM a 11 de Setembro de 2006 às 10:50
Ciloca é verdade nestes casos somos todos atingidos e saímos todos prejudicados!!
Ainda hoje quando saiu de casa e olho para os locais incendiados, lembro-me o quºao verdinho era antes e que ficava muito bonito! Ao olharmos para ali sentimos o vazio e só assim já perdemos muito!!!
De Rita a 10 de Setembro de 2006 às 15:54
Olá. Sim, é muito diferente quando a coisa passa do ecrã para a nossa realidade e é normal que durante algum tempo esta experiência te marque:( A mim o que me revolta mais é que nem é por culpa do clima ou da geografia ou de acidentes naturais, há países que têm o azar de estar no caminho de tufões e vulcões, mas os fogos em Portugal são na maior parte postos pelos próprios portugueses:( é revoltante. Um abraço.
De RM a 11 de Setembro de 2006 às 10:52
São pessoas sem escrúpulos, são pessoas sem o mínimo de coração! Porque se pensassem nas consequências, pensariam que iriam desalojar pessoas, que iriam perder as suas casas, que em alguns casos, levaram uma vida a contruir!! Faz parte da sua vida e ao perderem os seus espaços é o mesmo que perder parte dela!
De katrina19793 a 10 de Setembro de 2006 às 19:25
Partilho da tua revolta!!!!! Passei nesse dia pela zona do Caniço e ia-me dando uma coisinha má como diz o povo ... axava que a nossa terrinha era imune a tragédias destas porque afinal temos exemplos e já devíamos ter aprendido alguma coisa com tudo o que vemos na TV... O que me deixa mais "contente" é que pelo menos a zona do Parque Natural está bem limpa e protegida, mas por outro lado se formos a ver a maior parte das áreas que arderam são terrenos com matagal... onde andam os nossos agricultores que não cuidam dos terrenos??? Mais um exemplo de que está a acabar a agricultura e até nisto faz falta... se os terrenos estivessem cultivados não ardiam tão facilmente... esperemos melhores dias!!! Só mais uma coisinha (hj tou falastrona LOL) gostei de ler uma notícia (já não sei onde..) que num distrito do continente (parece-me que Chaves) vão ser pagas pessoas desempregadas para limpar as florestas!!!!Aleluia uma boa ideia!!! Bj
De RM a 11 de Setembro de 2006 às 10:56
katrina19793 também vi essa notícia!! É uma boa iniciativa, sem dúvida, é pena só a tomarem no final do verão, quando já muito ardeu e nada se pode fazer!!!
Depois, tenho que ser sincero se estivesse no desemprego eu não gostaria ser chamado para limpar matas, isso encaro mais como trabalho voluntariado e nesses casos até ia 2 ou 3 dias (tipo um fim de semana) ajudar na limpeza. Nestes casos vão dar "este trabalho" às pessoas que estão no desemprego, como se de um trabalho temporário se se tratasse!
Mas são pontos de vista! Desde que consigam sensibilizar as pessoas, será óptimo!
De soslayo a 11 de Setembro de 2006 às 12:26
RM, de facto, aproveitando as temperaturas altas que se têm feito sentir nos últimos dias, os prevaricadores aproveitam para sem dó nem piedade atearem fogo às nossas lindas florestas. Que fazer? Quando os criminosos agem pela calada da noite e por vezes de dia, para dar azo às suas frustrações e ambições... Meu amigo, tenho uma tarefa para ti. Vai ao meu blog. E agora que a coisa amenizou vai até lá! Um abraço.

Criticalhar post

Contacta-nos


Image Hosted by ImageShack.us
criticalhando@sapo.pt

Horas

Críticas no Prazo de Validade

Certo ou Errado?

"Eles" andam aí....

Direito à Liberdade...

E esta Heim???

Até já...

Um dia para esquecer...

Inteligência medida aos p...

Afinal Como "O" Pronuncia...

Crescidos mas nem tanto.....

E vocês... Lêem?

Críticas Fora de Prazo

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Visitas